E lá se vai um pedaço da Caatinga...


Segundo os números oficiais passados pelo governo brasileiro no dia de hoje o único bioma 100% brasileiro, a caatinga perdeu 16,5 mil quilometros quadros de vegetação entre 2002 e 2008, cerca de 2% de sua cobertura original. O total da vegetação remanescente da Caatinga situa-se em 53% da original sendo que 55% haviam sido derrubado até o ano de 2002.

Se comparado a Amazônia, o desmate da Caatinga figura como de pequenas proporções, mas o bioma é cinco vezes menor que a floresta tropical ao norte do país. As principais causas de desmatamento no passado foram a expansão de monoculturas de grãos e lavouras de árvores exóticas, agropecuária e produção de lenha e carvão.

O Ibama já tem 25 ações planejadas para combater ilegalidades na Caatinga, região semiárida apontada por especialistas como a mais povoada e mais rica em espécies de animais e de plantas no planeta. O governo tem planos para ampliar ainda este ano a área oficialmente protegida no bioma, com unidades de conservação no Piauí, Bahia e Paraíba. Atualmente, cerca de 7% da Caatinga está dentro de áreas protegidas federais e estaduais do país.

Preserve o presente.
Jah Bless!

Nenhum comentário: