Desmatamento mundial diminui...


O desmatamento mundial tem diminuído nos últimos dez anos, principalmente no que diz respeito a conversão de florestas tropicais em terras para agricultura, mas os resultados ainda são alarmantes em muitos países.

A conclusão está no relatório anual Avaliação dos Recursos Florestais Mundiais 2010, apresentado na quinta-feira, 25 de março, pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO).

Cerca de 13 milhões de hectares de florestas foram convertidos ou perdidos devido à causas naturais em todo o planeta, por ano, entre 2000 e 2010. Na década de 1990, a velocidade anual era de 16 milhões de hectares.

O estudo avaliou áreas de todos os países do mundo. A América do Sul e a África lideraram as perdas por continentes no período.

Mas Brasil e Indonésia, que tinham as maiores perdas nos anos 1990, reduziram significativamente as taxas de desmatamento, como explicou à Rádio ONU, de Santiago (Chile), o oficial principal de florestas do escritório regional da FAO, Carlos Marx Carneiro.

O Brasil reduziu em quase 400 mil hectares por ano o desmatamento nesse período de dez anos. É uma tendência muito positiva e deve melhorar porque o país fomentou muitas políticas para que isso acontecesse. O Brasil está reflorestando muito, com média de 500 a 600 mil hectares por ano. Isso é muito bom tendo em vista que o desmatamento e a agropecuária são os maiores responsáveis pela emissão de co2 excessiva do país.

fonte: Eco desenvolvimento

Jah Bless!

Nenhum comentário: