Fotografando a natureza...


Cercada por escarpas de uns 20m de altura, e com 400m de extensão, a Praia Brava tem à sua frente a Ilha dos Papagaios, um local bastante selvagem.


Com águas claras e muito agitadas, é muito procurado por surfistas, está situada entre a Ponta do Peró e o Morro do Farolete. O final do percurso é feito a pé, por uma trilha de pedra em terreno em declive.

Jah Bless!

Desmatamento mundial diminui...


O desmatamento mundial tem diminuído nos últimos dez anos, principalmente no que diz respeito a conversão de florestas tropicais em terras para agricultura, mas os resultados ainda são alarmantes em muitos países.

A conclusão está no relatório anual Avaliação dos Recursos Florestais Mundiais 2010, apresentado na quinta-feira, 25 de março, pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO).

Cerca de 13 milhões de hectares de florestas foram convertidos ou perdidos devido à causas naturais em todo o planeta, por ano, entre 2000 e 2010. Na década de 1990, a velocidade anual era de 16 milhões de hectares.

O estudo avaliou áreas de todos os países do mundo. A América do Sul e a África lideraram as perdas por continentes no período.

Mas Brasil e Indonésia, que tinham as maiores perdas nos anos 1990, reduziram significativamente as taxas de desmatamento, como explicou à Rádio ONU, de Santiago (Chile), o oficial principal de florestas do escritório regional da FAO, Carlos Marx Carneiro.

O Brasil reduziu em quase 400 mil hectares por ano o desmatamento nesse período de dez anos. É uma tendência muito positiva e deve melhorar porque o país fomentou muitas políticas para que isso acontecesse. O Brasil está reflorestando muito, com média de 500 a 600 mil hectares por ano. Isso é muito bom tendo em vista que o desmatamento e a agropecuária são os maiores responsáveis pela emissão de co2 excessiva do país.

fonte: Eco desenvolvimento

Jah Bless!

Falta pouco...


O Planeta sempre deu tudo para você. Dê uma hora para o planeta. Espalhe para todos os seus amigos e conhecidos. E no dia 27 de março, hoje das 20h30 às 21h30, apague as luzes do local onde você estiver, caminhe a luz da lua, faça um jantar a luz de velas, corra para praia e desligue todas as luzes de sua casa.

A Hora do Planeta começou em 2007, apenas em Sidney, na Austrália. Em 2008, 371 cidades participaram. No ano passado, quando o Brasil participou pela primeira vez, o movimento superou todas as expectativas. Centenas de milhões de pessoas em mais de 4 mil cidades de 88 países apagaram as luzes. Monumentos e locais simbólicos, como a Torre Eiffel, o Coliseu e a Times Square, além do Cristo Redentor, o Congresso Nacional e outros ficaram uma hora no escuro.

Aqui no Brasil, a Hora do Planeta também tem o objetivo de alertar para a necessidade de conservação e recuperação dos ecossistemas, como forma de nos proteger das mudanças climáticas e de reduzir nossas emissões de gases de efeito estufa causadas pelo desmatamento. É, também, uma forma de promover a defensa das matas ciliares e do Código Florestal.

A Hora do Planeta é uma demonstração globalizada de que o mundo espera de nossos líderes a coragem para enfrentar e reverter esse e outros problemas ambientais, como a destruição e fragmentação dos ecossistemas, a extinção de espécies, a degradação dos habitats, a poluição e a perda da qualidade dos serviços ecológicos prestados pelo ambiente aos seres humanos como ar, água, matérias-primas, alimento, equilíbrio térmico, retardo e dissipação de cheias e medicamentos de que tanto dependemos.

fonte: Hora do Planeta

Jah Bless!

Hora do planeta - hoje às 20h30...


A Hora do Planeta já chegou a todas as regiões do país. No total, 37 cidades apagarão as luzes de monumentos públicos e mobilizarão seus cidadãos para aderir ao movimento, entre elas 11 são capitais.

As ultimas capitais brasileiras a se juntarem à Hora do Planeta foram Vitória, Rio Branco e Fortaleza (a primeira cidade do nordeste a anunciar a sua participação). Elas fazem parte das 2.124 cidades espalhadas em 115 países ao redor do mundo que participarão do evento.

Além de cidades, muitas empresas brasileiras também estão fazendo parte da campanha e apoiando na divulgação: Coca-Cola Brasil, banco HSBC, telefonia TIM, rede de lojas Walmart e a construtora Rossi estão entre as maiores. Elas unem-se a um grupo internacional de corporações que estão usando a sua influência na sociedade para sensibilizar seus funcionários e clientes às questões climáticas.

A Hora do Planeta acontece hoje, às 20h30, e qualquer pessoa pode participar, basta se cadastrar no site da WWF-Brasil e constar na estatística de quantas pessoas apagarão as luzes.
Participe...

Jah Bless!

Fim da semana mundial da água...


Último post da semana mundial da água, muitos eventos foram realizados em todo mundo visando a conscientização das pessoas em relação ao consumo da água e a preservação desse bem natural tão precioso, o importante é cada um fazer a sua parte.

A água é um recurso natural insubstituível ao ser humano e às outras formas de vida. Desde a antiguidade, as grandes civilizações surgiram, floresceram e se desenvolveram nas margens de rios. Entretanto, o relacionamento entre o ser humano e a água tem sido bastante inadequado, desde o homem primitivo ao moderno, atingindo quase sempre situação de insustentabilidade.

No Brasil a falta de tratamento em prédios, casas e de esgotos clandestinos constitui um grande problema, rios e mares estão poluídos e esquecidos por todo nosso país. O uso inadequado da água fará com que ela seja extremamente valorizada com o passar dos anos e isso será prejudicial a toda a humanidade, pois o líquido se torna assim o chamado "ouro do século XXI", possivelmente grandes nações iram formar verdadeiras batalhas para ter posse desse precioso líquido.

Portanto é necessário divulgar cada vez mais os conhecimentos sobre a água e a sua importância para a nossa sobrevivência, ela é insubistituível e precisamos dela para o nosso futuro.
Seja consciente, sustentabilidade em busca do equilíbrio.

Jah Bless!

ANO de 2070 - O que fizemos com a água...

Abaixo um texto que encontrei na web a algum tempo atrás e salvei no meu computador, por isso não tenho a fonte e desconheço o autor, mais vale a pena ler até o final.

Acabo de completar 50 anos, mas a minha aparência é de alguém de 85. Hoje sou uma das pessoas mais idosas nesta sociedade. Recordo quando tinha 5 anos. Tudo era muito diferente. Havia muitas árvores nos parques. As casas tinham bonitos jardins e eu podia desfrutar de um banho de chuveiro por aproximadamente uma hora. Agora usamos toalhas em azeite mineral para limpar a pele.Antes, todas as mulheres mostravam as suas formosas cabeleiras.

Antes, meu pai lavava o carro com a água que saía de uma mangueira. Hoje os meninos não acreditam que utilizávamos a água dessa forma.Recordo que havia muitos anúncios que diziam para CUIDAR DA ÁGUA, só que ninguém lhes dava atenção. Pensávamos que a água jamais poderia terminar. Agora, todos os rios, barragens, lagoas e mantos aqüíferos estão irreversivelmente contaminados ou esgotados.

Imensos desertos constituem a paisagem que nos rodeia por todos os lados. As infecções gastrointestinais, enfermidades da pele e das vias urinárias são as principais causas de morte.A indústria está paralisada e o desemprego é dramático. As fábricas dessalinizadoras são a principal fonte de emprego e pagam os empregados com água potável em vez de salário. Os assaltos por um litro de água são comuns nas ruas desertas e a comida é 80% sintética.Antes, a quantidade de água indicada como ideal para se beber era oito copos por dia, por pessoa adulta.

Hoje só posso beber meio copo.A roupa é descartável, o que aumenta grandemente a quantidade de lixo. Tivemos que voltar a usar as fossas sépticas como no século passado porque a rede de esgoto não funciona mais por falta de água. A aparência da população é horrorosa: corpos desfalecidos, enrugados pela desidratação, cheios de chagas na pele pelos raios ultravioletas que já não têm a capa de ozônio que os filtrava na atmosfera. Com o ressecamento da pele, uma jovem de 20 anos parece ter 40.

Os cientistas investigam, mas não há solução possível. Não se pode fabricar água, o oxigênio também está degradado por falta de árvores, o que diminuiu o coeficiente intelectual das novas gerações. Alterou-se a morfologia dos gametas de muitos indivíduos. Como conseqüência, há muitas crianças com insuficiências, mutações e deformações.O governo até nos cobra pelo ar que respiramos: 137 m3 por dia por habitante adulto. Quem não pode pagar é retirado das ”zonas ventiladas“, que estão dotadas de gigantescos pulmões mecânicos que funcionam com energia solar. Não são de boa qualidade, mas se pode respirar.A idade média é de 35 anos. Em alguns países restam manchas de vegetação com o seu respectivo rio que é fortemente vigiado pelo exército.

A água tornou-se um tesouro muito cobiçado, mais do que o ouro ou os diamantes.Aqui não há árvores porque quase nunca chove. E quando chega a ocorrer uma precipitação, é de chuva ácida. As estações do ano foram severamente transformadas pelas provas atômicas e pela poluição das indústria do século XX. Advertiam que era preciso cuidar do meio ambiente, mas ninguém fez caso.Quando a minha filha me pede que lhe fale de quando era jovem, descrevo o quão bonito eram os bosques. Falo da chuva e das flores, do agradável que era tomar banho e poder pescar nos rios e barragens, beber toda a água que quisesse. O quanto nós éramos saudáveis!

Ela pergunta-me:- Pai! Por que a água acabou? Então, sinto um nó na garganta! Não posso deixar de me sentir culpado porque pertenço à geração que acabou de destruir o meio ambiente, sem prestar atenção a tantos avisos. Agora, nossos filhos pagam um alto preço…Sinceramente, creio que a vida na Terra já não será possível dentro de muito pouco tempo porque a destruição do meio ambiente chegou a um ponto irreversível.

Como gostaria de voltar atrás e fazer com que toda a humanidade compreendesse isto, enquanto ainda era possível fazer algo para salvar o nosso planeta Terra!

Reflita...
Jah Bless!

Água, linda água...







"O equilíbrio e o futuro de nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam." (Declaração Universal dos direitos da Água).

Jah Bless!

Alguns com pouco, outros com quase nada...

Dando sequência a semana mundial da água, hoje vou postar aqui um pequeno vídeo que fiz em casa quando me lembrei de alguns dados que escutei durante uma trilha com o pessoal da Trilha da Ilha enquanto eles davam mini palestras para as crianças em meio a Mata Atlântica. Os números além de ser chocantes, ficaram registrados em minha memória e logo que tive a oportunidade fiz o vídeo:



Complicado né? Pense nisso na próxima vez que escovar os dentes com a torneira aberta...

Jah Bless!


Use com consciência...


Água é vida e a natureza só nos da o necessário...

Jah Bless!

22 de março - Dia Mundial da água...

Como essa semana é a Semana Mundial da água, durante os próximos dias irei postar textos, fotos e vídeos relaiconados a esse bem tão precioso que é fundamental para a nossa sobrevivência e o nosso equilíbrio, tanto com o nosso próprio corpo como com a natureza. O Dia Mundial da Água foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 22 de março de 1992. Nesta data, a ONU divulgou a “Declaração Universal dos Direitos da Água” apresentando uma série de medidas, sugestões e informações que servem para despertar a consciência ecológica da população e dos governantes em torno dessa questão. Neste ano, o tema da campanha é ”Água limpa para um mundo saudável”.




A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.

Água é vida...

Jah Bless!

Semana Mundial da Água – 22 a 26 de março...


Água é o elemento essencial para o desenvolvimento e a sustentação da vida e de nossa civilização, desde os primeiros povoamentos até a nossa atual civilização estamos intimamente relacionados com a água, percebemos facilmente que nossas principais cidades estão localizadas em locais com abundancia de água, normalmente próximas a grandes rios, lagos ou mares. A água é também um elemento estratégico para a sociedade é vital para a manutenção da vida, para a produção de alimentos, abastecimento e saneamento, no Brasil é uma importante matriz energética e em muitas regiões é a principal via de transporte. É muito importante o consumo consciente para que esse bem tão precioso não fique ainda mais escasso.

A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo. "Declaração Universal dos direitos da Água - Art. 6º "

Água é vida...

Jah Bless!

2010 - Ano da Biodiversidade...

Salvar a biodiversidade requer o esforço de todos. Através de atividades a nível mundial, a comunidade global trabalhará em conjunto para assegurar um futuro sustentável para todos nós. A perda da biodiversidade traz grandes consequências para os seres vivos do planeta Terra, incluindo nós seres humanos os maiores agressores do meio ambiente, campanhas de alerta estão sendo feita em todas as mídias principlamente pela internet onde o mundo se conecta rapidamente.



Nós fazemos parte da natureza, e o nosso destino está totalmente ligado a ela, afinal ela nos proporciona comida, medicamento, energia, entre outros bens essenciais para a nossa sobrevivência, por isso a importância da preservação e da conscientização de todos para um futuro mais susntetável.

Esse e o momento de agir!

Jah Bless!

Selva de pedras...


Elas estão invadindo o verde e ganhando cada vez mais espaço ao nosso redor e pelo que parece ganham também mais importância para o desenvolvimento não susntentável da nossa sociedade que cresce de maneira inconsciente e inconsequente. As vezes me pergunto o que vai acontecer com o seres vivos no futuro, daqui 50 ou 60 anos?

Afinal com tanto cimento e areia, o verde perde seu espaço para o concreto, fazendo com que a selva de pedras se torne absoluta com seus robôs de terno e gravata manipulados como fantoches pelo sistema capitalista. É melhor pensar nisso e mudar nosso conceito de qualidade de vida antes que seja tarde demais.

Jah Bless!

Documentário vencedor do oscar gera polêmica no Japão...

Os japoneses não gostaram nem um pouco do Oscar concedido ao documentário “A enseada”, que mostra a matança de golfinhos no sul do Japão. Para as autoridades locais, a caça faz parte de uma longa tradição cultural.

Para os ecologistas, o Oscar de melhor documentário foi uma vitória. Para muitos japoneses, mais uma derrota de suas tradições e hábitos culinários. O prêmio foi para o filme “A enseada” que mostra a caça anual de golfinhos na cidade de Taiji, no sudeste do Japão. As fêmeas jovens eram capturadas e levadas para parques aquáticos de todo o mundo. Os que sobraram foram mortos, e a carne vendida em mercados da região. Depois do filme, passaram a ser soltos.

Os moradores ficaram revoltados com o documentário e ainda mais, agora, com o Oscar. Eles ameaçam processar os produtores. Reclamam que não deram autorização para aparecer no filme, que acusam de ser parcial. Usar golfinho na alimentação está em decadência no Japão, poucas pessoas comem.

Mas no momento em que os japoneses enfrentam criticas por causa da caça de baleias e da pesca de atum, que ameaçam algumas espécies de extinção, os moradores de Taiji receberam apoio.

‘A enseada’ mostra a matança de golfinhos no país. Caça faz parte da tradição cultural japonesa.

Veja o trailer abaixo:



Fascinante...
Jah Bless!

Projeto Filmando o real - Mata Atlântica...

Consciência ambiental através de imagens da Mata Atlântica. Esse é o Projeto Filmando o real, que apresenta um pequeno vídeo com o intuito de fazer com que as pessoas reflitam e pensem em suas atitudes perante a natureza, para que no futuro essas imagens não se tornem reais somente aqui no espaço virtual.



Conheça, Respeite e Preserve.

Jah Bless!

Solo que arde...

Nas últimas três décadas, o total de terras atingidas por secas severas dobrou em decorrência do aquecimento global. Na China, segundo o mais recente estudo da ONU, todos os anos 10 mil quilômetros quadrados em média, o equivalente a metade do estado de Sergipe se transformam em deserto. Na Etiópia, secas anuais condenam 6 milhões de pessoas à fome. Na Turquia, 160 000 quilômetros quadrados de terras cultiváveis sofrem com a desertificação gradativa e a conseqüente erosão do solo.

Dados como esse mostram que nos seres humanos fazemos parte do equilíbrio natural do planeta Terra e que nossas ações influenciam diretamente no futuro do mundo. Diversas ações devem ser tomadas por nós, é preciso parar de bombear na atmosfera dióxido de carbono e metano, rever nosso conceitos sobre uma vida sustentável e pensar no que podesmo deixar para as gerações futuras, pensar na preservação e na conscientização ambiental que possa partir de cada um de nós, é importante cada um fazer a sua parte, para que tudo não se acabe em um imenso deserto.

Jah Bless!

As melhores fotos do ano, 2009 - National Geographic...

Hoje coloco algumas das melhores fotos do ano de 2009 da National Geographic. Recebi as fotos por email e fiz questão de publicar algumas delas aqui no blog. Momentos que registram o que a natureza tem de mais lindo para nos mostrar.







São mais de 20 fotos, com animais e cenários alucinantes da natureza. Caso tiver interesse, pode me mandar um e-mail que o encaminharei com prazer.

Preserve...
Jah Bless!

Estudo reforça tese de influência humana nas mudanças climáticas...


Um relatório do centro de estudos britânico sobre o clima Met Office afirma que há cada vez mais provas de que o aquecimento global é provocado por atividades humanas.

A conclusão é fruto da análise de 110 novos estudos sobre o clima e foi divulgada nesta sexta-feira pela publicação especializada Wiley Interdisciplinary Reviews Climate Change Journal.

A revisão dos trabalhos, apresentada pela equipe do cientista Peter Stott, do Met Office, confirma as conclusões do último relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), que em 2007 já dizia que o aquecimento global é "inequívoco" e que "muito provavelmente" - o que no jargão do IPCC significa com 90% de probabilidades - é provocado por atividades humanas.

De lá para cá, novos estudos foram publicados confirmando esta hipótese e só devem ser avaliados pelo IPCC, um grupo de mais de 1,2 mil cientistas de vários países, no seu próprio relatório do órgão, que está começando a ser elaborado, mas só deve ser publicado a partir de 2013.

Extremos, todos os estudos avaliados pela equipe do Met Office buscavam traçar a relação entre atividades humanas e aquecimento global.

Os campos estudados tratavam do aumento da temperatura atmosférica sobre todos os continentes, inclusive a Antártida; o aumento global da temperatura atmosférica; o aumento na umidade atmosférica e na precipitação; mudanças nos padrões de chuvas em regiões tropicais e nos polos; a aceleração do derretimento do gelo no Ártico e o aumento da salinidade do Oceano Atlântico.

Desde o fim do ano passado, os chamados céticos, que se recusam a aceitar que o aquecimento global é provocado pela humanidade, vêm bombardeando a tese defendida pela grande maioria dos especialistas nos campos envolvidos. Cada um acredita no que quer, mais que uma coisa é fato é, as ações do seres humanos estão interferindo diretamente na destruição do planeta terra, seja com o desmatamento, poluição e desperdício dos bens naturais que a natureza nos proporciona.

Fonte:
BBC

Jah Bless!

Sem tempo, bom final de semana...

Processo de edição do projeto Filmando o real. Pequeno vídeo de cinco minutos revelando belezas naturais da mata atlântica, logo menos no ar!


Bom final de semana.
Jah Bless!

A importância da Biodiversidade..


2010 é o ano da Biodiversidade. O que seria biodiversidade?
A Biodiversidade existente no planeta Terra hoje consiste na variedade de milhões de seres vivos distintos, ao longo de 4 bilhões de anos em constante evolução.

A própria palavra biodiversidade é nova, ela surgiu a partir do termo diversidade biológica. Porque as pessoas falam tanto em biodiversidade? Simples, nos ultimos anos o mundo começou a perder animais e habitats naturias em um ritmo muito acelerado, e isso cresce com mais força ao longo dos últimos anos.

Essa perda acelerada de animais e habitats naturais se deve as ações equivocadas que nós seres humanos tomamos no nosso dia a dia. E quem vai sofrer com a perda da biodiversidade primeiramente será nós.

O patrimônio natural da Terra é composto por plantas, animais, terra, água, a atmosfera e os seres humanos! Juntos, fazemos todos parte dos ecossistemas do planeta, o que equivale a dizer que, se houver uma crise de biodiversidade, nossa saúde e meios de subsistência também entram em risco.

Porém, atualmente estamos usando 25% mais recursos naturais do que o planeta é capaz de fornecer. O resultado é que espécies, habitats e comunidades locais estão sofrendo pressões ou ameaças diretas. Um exemplo de ameaça que já atinge seres humanos é a perda de acesso à água doce, cada vez mais escassa.


A biodiversidade é a base da saúde do planeta e tem um impacto direto sobre a vida de todos nós, é mais fácil conhecermos melhor o nosso ecossistema, mudar alguns hábitos e preservar, antes que seja tarde demais.

Jah Bless!

E lá se vai um pedaço da Caatinga...


Segundo os números oficiais passados pelo governo brasileiro no dia de hoje o único bioma 100% brasileiro, a caatinga perdeu 16,5 mil quilometros quadros de vegetação entre 2002 e 2008, cerca de 2% de sua cobertura original. O total da vegetação remanescente da Caatinga situa-se em 53% da original sendo que 55% haviam sido derrubado até o ano de 2002.

Se comparado a Amazônia, o desmate da Caatinga figura como de pequenas proporções, mas o bioma é cinco vezes menor que a floresta tropical ao norte do país. As principais causas de desmatamento no passado foram a expansão de monoculturas de grãos e lavouras de árvores exóticas, agropecuária e produção de lenha e carvão.

O Ibama já tem 25 ações planejadas para combater ilegalidades na Caatinga, região semiárida apontada por especialistas como a mais povoada e mais rica em espécies de animais e de plantas no planeta. O governo tem planos para ampliar ainda este ano a área oficialmente protegida no bioma, com unidades de conservação no Piauí, Bahia e Paraíba. Atualmente, cerca de 7% da Caatinga está dentro de áreas protegidas federais e estaduais do país.

Preserve o presente.
Jah Bless!

Em extinção - o silêncio...

Encontrar lugares no planeta onde não haja nenhum tipo de ruído além dos sons da natureza está cada vez mais difícil. É o que pontua Gordon Hempton, um “áudio-ecologista” que tem viajado pelos Estados Unidos e Europa em busca de espaços onde haja "completa ausência de vibrações mecânicas audíveis" em um raio de vários quilômetros. Ele confirmou que existem apenas doze áreas nos Estados Unidos e nenhuma na Europa com estas características. Depois de percorrer o planeta várias vezes em busca de silêncio e de ter realizado gravações de delicados sons da natureza para diferentes filmes e museus, Hempton assegura que o silêncio está em vias de extinção.



Um exemplo: em 1983, o cientista havia encontrado 21 lugares no estado de Washington, nos Estados Unidos, que eram livres de sons por intervalos de 15 minutos ou mais. Em 2007, este número havia se reduzido para 3, e os intervalos de silêncio em áreas naturais haviam baixado de 15 para 5 minutos, ou menos. As principais causas: pessoas e veículos, principalmente aviões e helicópteros.

Mas por que nós deveríamos nos importar com isso? Em uma entrevista à Newsweek, Hempton assegura que estar na presença do silêncio é tão essencial para nós como era para nossos ancestrais. "Além de passar um tempo fora dos impactos sonoros prejudiciais de nossos locais de trabalho, bairros e casas, temos não só a oportunidade de nos curar, mas de descobrir algo incrível: a presença da trama da vida.

fonte: Blog Discovery

Mais sobre Gordon Hempton:
OneSquareInch.org
SoundTracker.com

Aaaaauuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuurrrrrrrrrrrrr!!!!

Jah Bless!

Série Vida da Discovery estréia no cinema...


2010 é o ano internacional da biodiversidade e o Discovery Channel lançará no dia 18 de Março a série Vida, um documentário com 10 episódios filmados em alta definição em parceria com a BBC. A série foi idealizada pelos mesmo produtores do Planeta Terra, série com imagens fantásticas da natureza e do planeta.

No primeiro episódio de Vida, Desafios da Vida, apresenta as coisas extraordinárias que animais e plantas precisam fazer para conseguir sobreviver e se reproduzir. Assista a cenas impressionantes, captadas a 1000 frames por segundo: macacos-prego abrindo cocos com “martelos” de pedra; hipopótamos saltando de dentro d´água e camaleões roubando presas da teia de uma aranha. Corra com os guepardos enquanto unem esforços para derrubar um avestruz; veja os golfinhos formarem círculos perfeitos de areia para encurralar um cardume de peixes e nade com uma foca que tenta escapar do ataque de orcas no gelo da Antártica.

Confira o trailer:



A série Vida mostra as estratégias que os seres vivos desenvolveram ao longo da evolução para sobreviverem em tomadas fantásticas e cenas alucinantes! Vale a pena conferir.
M
ais informações no site oficial.

Jah Bless!