Rastafarismo...


O Rastafarianismo nasceu nos anos 30, na Jamaica. As suas raízes são os pensamentos de Marcus Garvey e as palavras de Haile Selassie I. Na Jamaica, os escravos negros assistiam à realização da profecia bíblica e o regresso de Deus à Terra, como homem vivo. Era o iníco da redenção e da libertação. A Fé Rastafariana pode ser interpretada de várias formas e quase todos os Rastas têm as suas próprias idéias pessoais das coisas. RasTafari é uma forma de vida e não uma religião, com muitas ligações à fé judáica e cristã.

Os Rastas acreditam que Jah (Deus) se apresenta sobre forma humana de tempos a tempos. Marcus Garvey na década de 1920, profetizou que Jah apareceria como um Rei negro da África, esse rei sua majestade imeprial segundo os rastas foi o Imperado Selassie I, Rei dos Reis, Senhor dos Senhores. Os rastafaris lutam principalmente contra a pobreza e a desigualdade e não apenas idéias religiosas mas problemas com o mundo também. O caminho e a missão Rasta não pode parar nem ser sabatoda por ninguém. Eles foram e serão odiados pelos homens, acusados falsamente, serão objetos de escândalos e perseguidos por serem Rastafari, mas o seu destino é ser a pedra angular, as fundações.


Além de amar e respeitar a todos os outros independente da religão, cor, raça, classe social, etc. Expandindo o bem e sendo caridoso com todos que enfretarem algum tipo de difculdade.



"Marcus Garvey nos trouxe a fé de Jah, Rastafarianismo como maneira de protestar. O grande poder do Leão de Judá, mostrando um povo tão humilde e pobre que a força Rastafari é o que envolve, liberdade, paz e amor, liberdade, paz e amor! " (Banda Ponto de Equilíbrio)

3 comentários:

Carlos Castilho disse...

André
Teu texto está bom. O único reparo a ser feito é o uso de muitas cores no texto. A cor alaranjada é muito ruim porque o texto fica meio apagado o que dificulta a leitura. Normalmente se usa uma cor apenas e a maioria dos blogueiros prefere o preto, com fundo branco ou cinza claro, ou o branco, com fundo negro.

Anita Floyder disse...

Olá André!
Estou me preparando para redigir minha Monografia que vai ser justamente sobre o Rastafarianismo. Gostei do texto, mas para o motivo que me proponho preciso de mais informações e embasamento. Gostaria de saber qual foi tua fonte de pesquisa e quais os livros que pesquisou.
Agradeço desde já a colaboração.

Luz, paz e cultura!

...

Anita Floyder disse...

André querido,
Ao passo que já comecei minhas investigações, estou lendo pela 2° vez a Biografia de Bob Marley " Queimando Tudo" de Timothi White, me deparo com duas nomenclaturas para o Movimento: "Rastafarismo e Rastafarianismo" não sei se é apenas uma questão de grafia ou se realmente temos que fazer uma pesquisa Filológica.
Você poderia me ajudar nessa pesquisa?
Precisamos saber qual a nomenclatura correta ou se as duas são válidas.
Grande abraço!

Luz,paz e cultura sempre!
...